Administração
 
:: DEX: Grupo de Apoio à Reforma Agrária
 
Apresentação
Projetos em Andamento
Contato


:: Apresentação ..............................................................................

O Grupo de Trabalho de Apoio à Reforma Agrária desenvolve diversos projetos na área de extensão, pesquisa e ensino, ligados ao desenvolvimento rural sustentável. O objetivo não é apenas potencializar as ações da UnB, mas também, sinalizar ao conjunto das instituições de ensino superior e da sociedade civil, as inúmeras possibilidades de atuação que as universidades têm na questão agrária.

O GTRA foi criado em junho de 1996 e está ligado ao Decanato de Extensão da Universidade de Brasília. Possui na equipe técnica profissionais das áreas de Agronomia, Pedagogia, Sociologia, Engenharia Florestal e Direito que pensam alternativas e desenvolvem projetos, buscando viabilizar um novo modelo de desenvolvimento rural sustentável.

Estes profissionais elaboram e implementam projetos de apoio à educação rural, organização da produção e organização social, comercialização agrícola e capacitação de técnicos e produtores dos assentamentos de reforma agrária e comunidades rurais do Distrito Federal e Entorno.

Os trabalhos são desenvolvidos em parceria com departamentos da Universidade de Brasília e instituições externas. Envolve professores pesquisadores, estudantes e técnicos, contribuindo para fomentar e disseminar a reflexão sobre a importância crescente do espaço rural na sociedade brasileira, na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável. O processo intenso de urbanização vivido nos últimos 30 anos, afastou o rural da pauta de pesquisa das universidades, e com ele, as possibilidades de se pensar um novo modelo de desenvolvimento rural para o país. Atualmente vivemos uma retomada de consciência sobre a importância deste espaço para a viabilização de um desenvolvimento viável, econômica e socialmente, a partir das inúmeras alternativas agrícolas e não agrícolas existentes no campo.

Objetivos

Tem como objetivo geral estimular ações na área de pesquisa, ensino e extensão universitária, de apoio às questões agrárias e promoção do desenvolvimento sustentável para melhoria da qualidade de vida dos povos do campo.

Em parceria com inúmeras instituições, gera reflexões à cerca da realidade da educação rural, da organização produtiva nos assentamentos de reforma agrária, da capacitação dos agricultores para a gestão do desenvolvimento de seus assentamentos e para a sustentabilidade social, econômica e ambiental.


:: Projetos em andamento ..................................................... :: topo


CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA COM HABILITAÇÃO EM AGROECOLOGIA – EFA DE PADRE BERNARDO – GO.

O Curso Técnico Profissionalizante vem formando 25 jovens assentados em Projetos de Assentamento do município de Padre Bernardo-GO, vinculados a Superintendência Regional 28 do INCRA, capacitando-os para atuarem como agentes de desenvolvimento, habilitados em Agroecologia, com sensibilidade para as questões produtivas, organizativas, ecológicas e sociais das famílias agricultoras. A equipe pedagógica é composta por representantes de diversas instituições parceiras, dos instrutores e dos jovens após seleção.

O projeto é voltado para um público específico: os assentados da Reforma Agrária e comunidades do campo em geral, envolvendo mais de 480 famílias, que receberam do INCRA uma área de terra variando de 15 a 25 hectares.

Dados Gerais dos Assentamentos Envolvidos pela EFA

Nome

Em terra (km)

Tempo de regularização

Nº. de Família

Água Quente

30

7a

66

Boa Vista

34

1a 6m

134

Colônia I

0

11 a 5m

24

Colônia II

5

25

Vereda I

42

7a

70

Vereda II

34

2a

164

Total

483

Parcerias:

  • Universidade Católica de Brasília – UCB

  • Escola Família Agrícola de Padre Bernardo – GO

  • Escola Família Agrícola de Orizona – GO

- PRONERA/INCRA NACIONAL

- INCRA SR-28

   

 

A CONSTRUÇÃO DA SUSTENTABILIDADE NO ASSENTAMENTO COLÔNIA I – UNINDO FORÇAS PARA VIVER E PRESERVAR

Este projeto visa promover ações de capacitação e apoio ao desenvolvimento local, fortalecendo processos de produção sustentável, geração de renda, gestão ambiental e organização social para a construção do desenvolvimento sustentável local. Visa ainda a criação de um espaço de referência para a reflexão sobre a sustentabilidade da Reforma Agrária.

Atualmente, as famílias deste assentamento, a partir dos conteúdos teóricos/práticos desenvolvidos nas capacitações, estão cultivando organicamente grande variedade de hortaliças (batata baroa, rabanete, almeirão, pimenta, tomate, cenoura, jiló, pimentão, couve, quiabo, cebolinha, pepino, além de frutíferas como banana, morango e mamão). Essas famílias organizadas formaram dois coletivos de trabalho: o Grupo Vida e Preservação, que articula os trabalhos dos homens na agricultura orgânica e o Grupo Sabor do Cerrado, que articula os trabalhos de processamento dos frutos do Cerrado feito pelas mulheres.

Cerca de 15 estudantes da UnB já participaram das ações e dos projetos desenvolvidos nesse assentamento, no acompanhamento, planejamento e execução de das ações de extensão junto com o GT de Reforma Agrária, resultando daí dois trabalhos de PIBIC/CNPq, cinco artigos publicados, dois dissertações de Mestrado.


Parcerias:

- Instituto Sociedade População e Natureza - ISPN

- GEF/PNUD.

   

JUVENTUDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL NAS ÁREAS DE REFORMA AGRÁRIA DO DISTRITO FEDERAL E ENTORNO PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA - PROEXT 2007 – MEC/SESU

O Programa “Extensão Universitária: Juventude e Desenvolvimento Social nas áreas de Reforma Agrária do Distrito Federal e Entorno” articula ações empreendidas pelos seguintes projetos desenvolvidos pelo Decanato de Extensão da Universidade de Brasília, por meio do Grupo de Trabalho de Apoio à Reforma Agrária (GTRA):

  1. A Construção da Sustentabilidade no Assentamento Colônia I – Unindo Forças para Viver e Preservar - município de Padre Bernardo-GO


  1. Vereda Sustentável – Grupo Vereda Verde Vida: pensando na segurança alimentar, geração de renda e manejo ambiental no assentamento Vereda I - município de Padre Bernardo-GO


  1. Curso Técnico Profissionalizante em Agropecuária com Habilitação em Meio Ambiente e Agricultura Sustentável para jovens e adultos das áreas de Reforma Agrária do Distrito Federal e Entorno, realizado na Escola Agrícola de Unaí-MG, atendendo aos assentamentos localizados no Distrito Federal e Entorno, NE Goiano e NO Mineiro


O objetivo geral do programa é promover a capacitação de jovens e adultos e fortalecer o desenvolvimento econômico-socio-ambiental de assentamentos de Reforma Agrária, trabalhando com o diálogo e a prática entre os agentes comunitários e os estudantes, professores e técnicos da Universidade de Brasília, de forma a ampliar as possibilidades de geração de renda, organização social e a promoção do aumento da qualidade de vida e condições de produção das famílias assentadas.

Os projetos adotam procedimentos próprios das metodologias participativas adaptadas ao objetivo educacional, voltados para a articulação entre a geração de renda, capacitação técnica e manutenção da biodiversidade. Um parâmetro importante dessa metodologia é a articulação entre a abordagem técnica e o processo socio-cultural de construção das práticas e saberes dos sujeitos envolvidos. Esse princípio envolve principalmente a ênfase pedagógica no tratamento e sistematização da informação, articulando a racionalidade científica e a lógica dos sistemas de conhecimento próprios dos grupos locais, na compreensão da realidade socioambiental.

Parcerias:

- PROEXT 2007 – MEC/SESu

   

Tecendo Redes Agroecológicas de Agricultura Periurbana em Assentamentos e Pré-Assentamentos no Distrito Federal e Entorno.

Este projeto tem como objetivo geral o fortalecimento dos centros de experiências agroecológicas em assentamentos e pré-assentamentos que dinamizam a agricultura periurbana no Distrito Federal e Entorno As metas desse projeto consistem em implementação de sistemas agroecológicos, capacitação dos trabalhadores/as rurais, publicação de cartilha sobre temáticas em agroecologia e ações de assistência técnica. O projeto dispõe de bolsas para a graduação.

O projeto beneficiará diretamente 762 famílias das comunidades citadas abaixo. Muitos desses agentes sociais são beneficiários de outros programas sociais do Governo Federal como: Fome Zero, Saúde na Família e Bolsa Família.

Assentamento/Pré-Assentamento

Município

Número de Famílias

Oziel Alves II

Planaltina-DF

165

Vale da Esperança

Formosa - GO

165

Terra Conquistada

Água Fria - GO

57

Colônia I

Padre Bernardo-GO

24

Gabriela Monteiro

Brazlândia-DF

110

Eldorado dos Carajás

Unai-MG

36

Índio Galdino

Unai-MG

176

Assentamento Menino Jesus

Unai-MG

29

Parcerias:

- Via Campesina

- SESAN/MDS.


   

ESTÁGIO INTERDISCIPLINAR DE VIVÊNCIA EM ACAMPAMENTOS E ASSENTAMENTOS DA REFORMA AGRÁRIA.

Objetivos:

O Estágio Interdisciplinar de Vivência-EIV tem como objetivo promover o intercâmbio entre estudantes universitários e outros com famílias de assentamentos da Reforma Agrária. A atividade vem dar visibilidade à questão agrária e a importância do EIV na formação dos estudantes por meio de divulgação de vídeos realizados pelos estagiários e conversas com estudantes que fizeram o estágio. Desta forma, busca-se o reconhecimento do EIV como iniciativa estudantil buscando apoio da universidade na construção dos estágios que acontecem anualmente.

O Estágio Interdisciplinar de Vivência-EIV acontece em diversas universidades do Brasil sendo disciplina obrigatória em algumas instituições dos cursos de agrárias. Com caráter interdisciplinar entende-se que o EIV demonstra as necessidades do campo que não são apresentadas na universidade, pois, esta se volta para a área urbana em qualquer área do conhecimento. O EIV é uma iniciativa estudantil que vem sendo desenvolvida por meio de parcerias de organizações governamentais, grupos da universidade e movimentos sociais. Nesta perspectiva de parcerias, o EIV busca uma nova concepção de extensão por meio da não-intervenção técnica, um dos princípios do estágio.

A sociedade como um todo tem se mantido distante da realidade rural do Brasil, com todas as suas características e especificidades, o que não muda muito mesmo quando se trata dos cursos técnicos e superiores da área de agrárias. O Estágio Interdisciplinar de Vivência (EIV), como evento nacional, faz parte dos vários eventos que os Movimentos Estudantis vem promovendo juntamente com os Movimentos Sociais Populares, tendo como objetivo possibilitar que estudantes de diversos cursos conheçam comunidades de famílias camponesas, sejam assentadas ou tradicionais.

A partir desta análise consideramos indispensável a discussão sobre a questão agrária na universidade de forma intersiciplinar de modo a compreender as demandas do campo por meio da atividade proposta.



:: Projetos realizados ..................................................... :: topo

 

  1. Projeto de Extensão Universitária de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável em São João D'Aliança - GO (.doc)
  2. "Elaboração dos Planos de Desenvolvimento dos Assentamentos de Reforma Agrária" (.doc)
  3. Projeto "Terra, Educação e Cidadania: Escolarização de Jovens e Adultos" (.doc)
  4. Curso de Extensão Universitária "Introdução Crítica ao Direito Agrário" (.doc)
  5. "Adaptação e utilização de dispositivo metodológico participativo para apoiar o desenvolvimento sustentável de assentamentos de Reforma Agrária" (.doc)
  6. "Curso Técnico em Agropecuária e Desenvolvimento Sustentável" (.doc)
  7. "Por uma Educação Básica do Campo: Conferência e Seminário Nacional" (.doc)
  8. Curso de Extensão em Administração de Cooperativas - CEACOOP (.doc)
  9. "Centros de Formação Técnica e Profissional de Jovens e Adultos da Reforma Agrária - CEFFAS" (.doc)
  10. Projeto "Educando para a Sustentabilidade: ampliando a experiência dos Viveiros Florestais Comunitários de São João D'Aliança-GO para os assentamentos de Reforma Agrária dos municípios de Sítio D'Abadia e Mambaí-GO" (.doc)
  11. Projeto "Educando para a Sustentabilidade: hortas orgânicas e viveiro florestal comunitário como instrumentos de recuperação e preservação ambiental, de organização social e geração de renda para as famílias do Assentamento Colônia I, no município de Padre Bernardo-GO (.doc)
  12. Escolas de Informática e Cidadania - EICs (.doc)

 

:: equipe .............................................................................. :: topo

Nome

Titulação

Função no Projeto

Mônica Castagna Molina

Doutora em Desenvolvimento Sustentável

Coordenação geral

Lais Mourão Sá

Doutora em Antropologia

Professora Coordenadora

Helana Freitas

Doutora em Sociologia Política

Professora Coordenadora

Anna Izabel Barbosa

Doutoranda pela Faculdade de Educação

Professora

Ana Elizabeth da Silva Baltar

Mestre em Veterinária

Assessora Técnica

Carolina Rizzi Star

Mestre em Ecologia

Colaboradora

Catarina dos Santos Machado

Pedagoga

Assessora Técnica

Elisângela Nunes Pereira

Graduanda em Pedagogia

Assessora Técnica

Mayara

Graduanda em Lic. Em Ciências Naturais

Bolsista

:: Contato .............................................................................. :: topo

Endereço: Prédio Multi-Uso I, bloco C, sala 39 –UnB
Telefones: (61) 3340 6760 e 3307 2604
Telefax: (61) 3340 6760
E-mail geral: gtra@unb.br

:: topo

 

Copyright © 2007 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.